top of page

Você já ouviu falar em CBT? (cock and ball torture)


Uma matéria sobre CBT por Zeus Edgydog


Bem, que BDSM é um mundo polêmico nós já sabemos mas uma de suas praticas consegue hostilizar muitos como nenhuma outra...CBT (cock and ball torture), é uma prática que vai tanto do baunilha quanto ao mais hard, ela causa enorme prazer ao sub e desperta fascínio na domme, seja por brincar com as genitais do sexo oposto, ou seja por despertar seu lado mais... "Cruel" em teoria, só que na prática dificilmente veremos a domme chutando e esmagando com tudo, até porque dessa forma a brincadeira acabaria rápido e o prazer viraria uma enorme dor na qual pode causar problemas médicos. Isso é algo que ninguém quer (convenhamos) mas há formas tranquilas e simples nas quais veremos agora.


CBT da forma ligth. Uma forma muito simples mas nem por isso menos prazerosa, a base dessa forma é a domme simplesmente brincar com as genitais do sub de maneira leve, com tapinhas nas genitais, pisadas bem lentinhas, amarrar sem muita força, dentre muitas coisas, fica ao critério e a criatividade da domme. Recomendações pessoais pra quem estar começando, a primeira é não privar os sentidos do sub na primeira vez, pois é bem capaz dele se assustar e ninguém quer desespero fora de controle, caso queira fazer com a privação dos sentidos da visão, tem uma maneira de fazer sem assustar... Basicamente a ideia é provocar de maneira sensual o seu sub, falando que vai bater, que vai esmagar, que vai brincar com suas genitais e deixando bem claro no subconsciente que ele só precisa relaxar. A forma ligth não têm muito segredo.


CBT na forma hard. Vamos começar com um AVISO IMPORTANTE! O lado extremo é recomendo ser feito por dominadoras profissionais "mas por quê?" Bem... Vamos começar com o que foi dito no parágrafo anterior. As práticas ligth são "brincadeiras" na maioria dos casos e podem ser tranquilamente feita por interessados (a). Já o lado hard tem uso de fogo, agulhas e demais coisas que embora não castrem as genitais... Ainda assim as machucam de verdade. "Há então isso é violência gratuita e sadismo puro?" Não. Os cuidados medidos fazem tais práticas valerem a pena, pois é arte e quem a aprecia sente algo intenso e sabe que valeu a pena vencer o medo, assim sentindo prazer extremo, afinal "extreme CBT" não é apenas a parte da tortura extrema, o prazer também é extremo. Agora vamos falar de coisas que são muito comuns de ver no lado hard, o pessoal mais de 20 a 30 e pouco são minoria entre os que buscam sentir essas práticas, até mesmo os apreciadores ficam com o pé atrás em experimentar mas quando buscam, acabam dispensando o uso de agulhas mas chamas e velas são mais tranquilas, porém o comum mesmo é o desejo de ter suas genitais amarradas, pisadas e chicoteada. Agora os mais velhos... Esses já são maioria, geralmente buscam sentir as práticas completas e desejam até mesmo coisas mais hardcore, como receberem soros que aumentam seus testículos, dentre várias outras coisas nas quais deixam tudo mais interessante pra domme, pois é algo curioso e com muito mistério. Agora uma rápida visão geral.


CBT é uma prática muito ampla num mundo muito amplo, que é o mundo bdsm e vale a pena tanto brincar no ligth quanto buscar se especializar no hard, também da pra dizer que é uma diversão de várias turmas mais alternativas, chega a ser como colocar um piercing só que pelo prazer ao invés da estética.


É Isso pessoal! Use sua criatividade para realizar CBT, pois BDSM é arte!


Gostaria de deixar os créditos ao Dom Barbudo, esse escreveu uma matéria no qual me ajudou a compreender melhor o assunto. Obviamente eu gostaria de da uma enorme gratidão a você que leu e a minha dona Mistress Ju Leah que me deu a honra e o dever de escrever essa matéria, agradeço a todos.


By Zeus Edgydog

212 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page