DICIONÁRIO BDSM


Sabe quando você ainda não conhece tudo de um assunto, vê a pessoa falando ou escrevendo algo e não sabe o que significa?

Pois foi para isso que criamos este Dicionário BDSM. Veja abaixo os principais significados e nunca mais fique boiando no assunto!

24/7

Relacionamento BDSM que dura, 24 horas por dia 7 dias por semana.

Abrasão ou Escarificação

É a estimulação da superfície da pele por materiais abrasivos, como: couro cru, lixa fina, escovas com cerdas metálicas ou não, etc. Com a intenção de provocar sensações intensas no(a) masoquista(a). Pode ou não deixar marcas temporárias.

Adestrar (Adestramento)

Impor regras e normas de comportamento, bem como padronizar algumas respostas para determinadas ordens ou estímulos.

Agulhas

São utilizadas em jogos e cenas, tem forte efeito psicológico, superior ao da dor. Não é recomendada para praticantes ativos com pouca experiência.


Algemas

Sendo de metal ou de couro, estas com clips para prender e soltar facilmente.

Amarelo

É uma safeword comum para indicar a necessidade de se diminuir a intensidade de uma atividade.

Analingus

É o termo “científico” para o sexo oral-anal, ou popularmente Beijo Negro.

Anal Training (Treinamento Anal) –

Toda e qualquer atividade que vise a preparação do ânus para o “Anal Play”. Pode durar dias ou semanas, como um exercício de dilatação do ânus, preparando-o para ser usado, o que demora pelo menos 2 semanas.

Arnica

Substância utilizada para aliviar a dor e as marcas resultantes de torturas.

Asfixia ou asfixiofilia

É a prática onde é reduzida intencionalmente a emissão de oxigênio para o cérebro durante uma estimulação sexual com o intuito de aumentar o prazer do orgasmo.

Auto-flagelo

Prática que consiste em impor e efetuar torturas em si próprio.Na Dominação Virtual acaba sendo amplamente utilizado o auto-flagelo sob ordens expressas da Dona à distância.

Avaliação

É usual a escrava passar por uma avaliação visual e táctil de seu corpo, seja para sua aprovação inicial como escrava, seja para revisão prévia a cada sessão.

Bastinado

É o ato de bater nas solas dos pés.

Baunilha

É o termo usado para indicar o sexo convencional. Pessoas que não estão envolvidas em BDSM.

BBW

São as iniciais de “Big Beautiful Woman”, ou seja, mulheres gordas e bonitas ou atraentes. Essas mulheres estão se tornando cada vez mais “objeto” de desejo de milhares de homens ao redor do mundo. Os admiradores de mulheres com esse tipo físico se chamam Fat Admirer ou simplesmente “FA”.

Biting

A Domme morde em várias partes do corpo.

Blindfold

Utilizado para bloquear o sentido da visão e aumentar a vulnerabilidade da sub.

Bukkake Japonês

Receber uma chuva de esperma. Pode ser de um ou vários homens.

Body Art

Corpo nu, exceto por adornos como piercings, tattoos, tinta.

Bolas Tailandesas

Objeto de prazer que consiste numa seqüência de bolas presas a uma fina corda utilizadas para inserção anal ou vaginal.

Bondage

É um fetiche e consiste em amarrar e imobilizar seu parceiro ou pessoa envolvida,usando cordas,adesivos ou algemas.

Bottom(inglês)

O mesmo que Passivo.

Calabouço

Aposento projetado e especificamente decorado e equipado para sessões BDSM. Também conhecido como masmorra.

Cane

É uma vara de bambu ou rattan, usada para spanking.

Cat Fight

Duas ou mais mulheres combatem sem regras. Costumam rasgar roupas uma das outras. É comum que as mulheres tenham algum tipo de atividade sexual durante a luta.

Cena

É uma atividade/jogo específico dentro de uma sessão ou relacionamento. Uma cena de spanking, uma cena de chuvas, de sexo, de disciplinamento, etc.

Chibata

É uma peça composta de um cabo e uma haste semi-flexível, normalmente utilizada para montaria. Consegue-se bastante precisão no spanking.

Chicote

É composto de um cabo, uma única longa tira de couro, podendo ter na ponta um pedaço triangular de couro. É o instrumento usado pelos domadores de feras nos circos.

Chuva Dourada

É a excitação no ato de urinar ou receber o jato urinário, em alguns casos beber a urina (Urofagia). A urina pode ser depositada no ânus ou vagina.

Chuva Prateada

Jogos e fantasias envolvendo suor, saliva, gozo e(ou) esperma.

Clamp

São usados para prender em mamilos, lábios vaginais, escroto, etc.

Cock and Ball Torture (CBT) (tortura do pênis e dos testículos)

É uma atividade sexual BDSM sadomasoquísta envolvendo os genitais masculinas. Mantem a erecção.

Coleira

É um símbolo de entrega usada por um(a) submisso(a). Uma coleira é posta ou dada em um relacionamento como um profundo símbolo de entrega.

Coleira Virtual

É uma representação no nick de uma escrava da coleira que ela usa, podendo ser real ou puramente virtual. Para representar geralmente envolve o uso de chaves ( { e } ) para denotar a coleira e um ( _ ) para a guia da coleira. Ex. { Nina }_MESTRE KIM.

Contrato

É um acordo escrito e/ou formal entre as partes domme e sub(a) ,definindo direitos e obrigações de cada um.

Crossdressing / Feminização / Sissy

É o ato de se vestir um homem de mulher ou mulher de homem.

Crush (esmagar)

Geralmente usado no trampling,é o ato de pisar na genitália.

Cruz de Santo André

É uma cruz em forma de X, com argolas em todas as extremidades. Utilizada dentro do BDSM para imobilizar o escravo(a).

Cumming em Command (Psycholagny)

Orgasmos induzido por estímulo mental ou acionado por palavras ditas pelo Domme ao sub (a).

Cunnilingus

Lamber ou chupar o clítoris, vulva e lábios.

Cunt tortura

Intensa estimulação ou dor ao genitais femininos.

Disciplina

É o uso de regras e punições para controlar o comportamento.

Dogplay

Práticas e cenas que consistem em transformar o escravo(a) em cachorrinho.

Dominação Psicológica

Prática que consiste em jogos de humilhação e subjugo verbal e psicológico, muitas vezes mediante disciplinamento rígido.

Dominador (fem. Domme) em BDSM,

É uma pessoa que tem o papel dominante pela duração de uma cena ou é o o parceiro dominante dentro de um relação de troca de poder.

Dominatrix

Normalmente uma profissional que exige tributos para o seu serviço.

Dorei

É o nome dado á mulher submetida ao Shibari.

D/s

Dominação e submissão.

Eletroestimulação

Se difere de Eletrochoque por não ter a aplicação de choques elétricos de alta voltagem, e sim de pequenas voltagens controladas através de aparelhos próprios para estimulação involuntária de nervos e músculos do corpo, gerando reações diversas, não havendo a presença de amperagem pelo risco de vida. Requer diversos cuidados com a forma, local de aplicação e estado de saúde do escravo(a) .

Empréstimo

É a prática que consiste no empréstimo do escravo(a) a outra Dominadora, com ou sem a presença da Dona.

Enema ou clister ou chuca

É a introdução de água ou qualquer outro líquido no intestino através do anus, por higiene ou ainda por estímulo sexual.

Escárnio

Cena BDSM que consiste em escrever nomes injuriosos, humilhantes e agressivos no corpo da escravo (a), com uso de tinta, geralmente antes de sua exposição ou empréstimo.

Escravo (slave)

Refere-se a uma pessoa que cedeu sua propriedade pessoal e suas liberdades e tornou-se propriedade de sua Dona ou Mestre.

Espéculo Vaginal/Anal

Instrumento médico usado para se examinar a vagina, dilatando-a mecanicamente. Usado em práticas de exposição e jogos médicos.

Estrangulamento

Prática que consiste em fantasiar o estrangulamento.

Estupro Concedido

É uma teatralização onde o intuito está em dar prazer, fingindo uma prática que é contra lei, podendo usar de força e humilhação para o ato.

Etiqueta – (respeito)

Regras principais: são que tocar em qualquer um sem permissão, ou qualquer forma de abuso são completamente proibidos.

Exame Íntimo

Pode ser uma parte de uma cena de brincadeira médica onde o dominante inflinge um ou mais procedimentos que lembram exames médicos humilhantes ou embaraçosos no submisso.

Exibicionismo

É uma forma de excitação erótica, a mesma é proveniente da exposição dos órgãos genitais.